Início

Teoria de Carl Sagan sobre vida alienígena em Vênus ganha adeptos

Apesar de Marte ter sido o planeta mais estudado, são muitos os especialistas que aderem à teoria de Carl Sagan sobre a possível existência de vida nas nuvens de Vênus

Marte é um dos planetas com a maior possibilidade de vida extraterrestre, mas as luas de Saturno também foram exploradas com a esperança de se encontrar vida fora de nosso planeta. No entanto, um estudo publicado recentemente na revista Astrobiology sugere que Vênus pode ser mais um candidato a abrigar seres vivos. A teoria não é nova, já que há mais de 50 anos o renomado astrônomo Carl Sagan postulou essa hipótese.

Exploração nas nuvens

Segundo os pesquisadores da Universidade de Wisconsin-Madison, nos Estados Unidos, “a camada mais baixa de nuvens de Vênus é um objetivo excepcional para a exploração devido às condições favoráveis para a vida microbiana”. Em 1967, Carl Sagan e o físico Haroold Morowitz publicaram um trabalho intitulado “Vida nas nuvens de Vênus?”. O objetivo era demonstrar que esses organismos podiam sobreviver regendo-se pelas leis bioquímicas da Terra. Para explicar essa hipótese, os pesquisadores imaginaram um ser venusiano similar a uma bola, que estaria flutuando na altura das nuvens.

Teoria de Carl Sagan sobre vida alienígena em Vênus ganha adeptos - 1
Carl Sagan

Por sua vez, os autores do estudo afirmam que, apesar de as condições atmosféricas de Vênus serem muito ácidas, isso não impediria que a vida se desenvolvesse com normalidade, porque está demonstrado que as bactérias na Terra podem se alimentar de dióxido de carbono e produzir ácido sulfúrico, podendo viver a até 41 quilômetros de altura.

No artigo de divulgação científica, os pesquisadores sugerem coletar mostras das nuvens de Vênus utilizando as aeronaves VAMP desenvolvidas pelas companhias privadas Northrop Grumman e LGarde. “Vênus pode ser um novo capítulo emocionante na exploração astrobiológica”, afirmaram os cientistas da NASA.

Teoria de Carl Sagan sobre vida alienígena em Vênus ganha adeptos - 2

No ano passado, um estudo publicado na revista Nature também apontou a descoberta de potenciais sinais de vida em Vênus. Com a ajuda de potentes telescópios, eles detectaram o elemento químico fosfina na atmosfera do planeta. Segundo os pesquisadores a presença desse gás pode indicar a existência de vida nas nuvens venusianas.

VER MAIS:


Fonte: BBC 

Imagens: Shutterstock.com, Michael Okoniewski, via Wikimedia Commons