Início

Cientistas conseguem fazer o tempo andar para trás em computador quântico

Cientistas do Instituto de Física e Tecnologia de Moscou, que trabalharam conjuntamente com pesquisadores dos EUA e da Suíça, conseguiram que um computador quântico revertesse o estado de uma partícula até alcançar o de uma fração de segundo anterior. Ou seja, os pesquisadores fizeram com que o tempo fluísse para trás, dentro de um determinado domínio quântico, algo que até hoje parecia impossível e que parece contradizer uma lei fundamental da física e a segunda lei da termodinâmica. 

Vídeo Relacionado

“Essa lei está relacionada estreitamente com a noção do tempo como uma flecha que se move unicamente em uma direção, do passado para o futuro”, explicou Gordey Lesovik, principal autor do estudo. "Criamos artificialmente um estado que evolui em uma direção oposta à flecha do tempo da termodinâmica”, pontuou. A evolução dos computadores quânticos pode representar uma nova era para a tecnologia humana.

O estudo foi publicado pela revista Scientific Reports. A expeiência também revelou algo muito importante: a operação de reversão do tempo é tão complexa que é extremamente improvável (e provavelmente impossível) que aconteça espontaneamente na natureza. Mas ninguém deve tomar as conclusões erradas, pois a experiência dificilmente resultará na invenção de uma máquina do tempo. Apesar disso, a pesquisa pode ser importante para tornar os computadores quânticos mais precisos no futuro.

Um computador quântico é um dispositivo que executa cálculos fazendo uso direto de propriedades da mecânica quântica. A principal propriedade deles é a possibilidade de resolver com eficiência alguns problemas que na computação clássica tomariam um tempo impraticável.


Fonte: La Nación, IFLScience

Imagem: Shutterstock.com