Início

Estudo de Harvard revela com o que as pessoas sonharam durante a pandemia

Ansiedade com a COVID-19 afetou o sono de muita gente e resultou em pesadelos
Por History Channel Brasil em 18 de Abril de 2022 às 13:46 HS
Estudo de Harvard revela com o que as pessoas sonharam durante a pandemia-0

Desde que a COVID-19 começou a se espalhar pelo mundo, pesquisadores se interessaram como a pandemia poderia afetar o sono das pessoas. Ainda em 2020, cientistas constataram que o distanciamento social e a preocupação com a doença acabavam resultando em pesadelos. Nessa mesma linha, a psicóloga Deirdre Barrett, da Universidade de Harvard, escreveu um livro sobre a relação entre o período pandêmico e os sonhos.

Sonhos Pandêmicos

Barrett coletou relatos de cerca de 15 mil sonhos por meio de uma pesquisa online com o público. A análise desse material serviu de base para um livro chamado Pandemic Dreams ("Sonhos Pandêmicos", em tradução livre). A obra concentra-se na primeira onda da pandemia.

Casal dormindo

Segundo a pesquisadora, no início da pandemia, muitas pessoas sonhavam com ataques de insetos ou incapacidade de respirar. Quando a quarentena começou, com as pessoas trabalhando e estudando em casa, um tema recorrente dos sonhos era estar na prisão ou ser forçado a fazer um teste surpresa de matemática. Máscaras e desastres naturais também foram temas de pesadelos durante o período

O pesquisador Luca Aiello, que analisou os dados coletados por Barrett com um algoritmo criado por ele, diz que o conteúdo dos sonhos está vinculado às emoções, pensamentos e percepções que a mente tem durante a vigília.  Aiello diz que compartilhar parte dessa informação pode ser valioso para entender coisas que preocupam os indivíduos. Ele explicou que o estudo dos sonhos pode ser utilizado para entender melhor certos problemas de saúde mental e na aplicação de terapias. 

Fontes
tn.com.ar
Imagens
iStock