Início

Gigantesca nave espacial chinesa terá um quilômetro de comprimento

Ela deverá ser montada em partes em órbita para viajar além dos confins do Sistema Solar

O governo da China anunciou planos para a criação de naves espaciais gigantescas. Segundo uma agência vinculada ao Ministério de Ciência e Tecnologia do país, os pesquisadores esperam produzir uma espaçonave que ultrapasse um quilômetro de comprimento. As autoridades afirmaram ainda que o objetivo do projeto é desenvolver "um grande equipamento aeroespacial estratégico para o uso futuro dos recursos espaciais, exploração dos mistérios do universo e vida longa em órbita".

Espaçonave modular

A Fundação Nacional de Ciências Naturais da China quer que os cientistas conduzam pesquisas sobre métodos de design novos e leves e técnicas inovadoras para montar com segurança essas estruturas massivas no espaço. Se financiado, o estudo de viabilidade duraria cinco anos e teria um orçamento de US$ 2,3 milhões. A ideia é premiar os pesquisadores que apresentarem os melhores projetos.

Segundo as autoridades, a nave, por ser tão grande, precisaria ser modular e lançada por partes para depois ser montada em órbita. O desafio principal será minimizar o peso da nave o máximo possível para que haja uma menor quantidade de lançamentos e reduzir os custos gerais do projeto. Dessa forma, os cientistas precisarão garantir a resistência da estrutura central e o controle das diferentes peças, para que a montagem seja a mais simples possível.

Esse é apenas mais um dos planos ambiciosos da China para a exploração do espaço. Recentemente, a agência espacial do país conseguiu enviar um rover para Marte. Para o futuro, o país pretende colonizar a Lua, em parceria com a Rússia.

VER MAIS


Fontes: Live Science e El Español

Imagens: iStock