Início

Gigantesco lago desaparece repentinamente na Antártida

O lago desapareceu em apenas três dias e suas águas foram drenadas para o oceano com uma vazão equivalente à das Cataratas do Niágara

Um gigantesco lago desapareceu repentinamente na Antártida devido às mudanças climáticas. É o que aponta uma nova pesquisa internacional publicada na revista Geophysical Research Letters, que analisou imagens de satélites. 

Derretimento da Antártida

As imagens mostram que o fenômeno aconteceu durante o inverno de 2019. Segundo estima a pesquisa, o lago, situado na plataforma de gelo Amery, na Antártida oriental, abrigava entre 600 e 750 milhões de metros cúbicos de água, mais que o volume contido pelo porto de Sydney, na Austrália.

Gigantesco lago desaparece repentinamente na Antártida - 1

Entre as hipóteses que os cientistas formularam, a mais provável indica que a água teria sido drenada para o oceano, porque o enorme depósito se tornou muito pesado. O lago demorou cerca de três dias para esvaziar.

Gigantesco lago desaparece repentinamente na Antártida - 2

“Acreditamos que o peso da água acumulada neste lago profundo abriu uma fissura na plataforma de gelo debaixo do lago, um processo conhecido como hidrofratura, que faz com que a água seja drenada para debaixo do oceano”, pontuou Ronald Warner, da Universidade da Tasmânia. 

Gigantesco lago desaparece repentinamente na Antártida - 3

“Estima-se que o derretimento da superfície da Antártida será duplicado até 2050, o que gera preocupações sobre a estabilidade de outras plataformas de gelo”, indica o estudo. 

VER MAIS


Fonte: Infobae

Imagens: iStock.com,  Warner et al., Geophysical Research Letters e Wikipedia