Início

Google "está criando Deus", diz ex-executivo da empresa

Mo Gawdat teme que máquinas inteligentes poderiam dominar a humanidade

Um ex-executivo do Google fez um alerta preocupante ao jornal britânico The Times. Durante a entrevista, Mo Gawdat disse que a empresa "está criando Deus". A afirmação faz referência aos projetos de Inteligência Artificial e robótica desenvolvidos pela multinacional de tecnologia. 

Inteligência Artificial fora de controle

Em sua passagem pela empresa, Gawdat atuou como diretor de negócios de uma instalação secreta de pesquisa e desenvolvimento conhecida como Google X. A preocupação de executivo começou quando ele testemunhou um projeto envolvendo braços robóticos capazes de encontrar e segurar bolinhas. Após um período de aprendizado que progrediu lentamente, Gawdat disse que um braço agarrou a bola e pareceu estendê-la para os pesquisadores em um gesto que, para ele, parecia de exibicionismo.

Robôs poderiam dominar a humanidade

Segundo Gawdat, rapidamente cada braço conseguia repetir a manobra e, depois de dois dias, eles já eram capazes de pegar praticamente qualquer coisa. "De repente percebi que isso é muito assustador. Aquilo me congelou completamente", afirmou. "A verdade é que estamos criando Deus", completou.

Mas o que ele quis dizer com isso? Gawdat acredita a Inteligência Artificial tem potencial para atingir a chamada singularidade tecnológica (ponto em que se torna incontrolável e irreversível). Assim, máquinas inteligentes poderiam escapar do nosso controle e dominar a humanidade.

Fontes
Express e Futurism
Imagens
iStock