Início

Londres: tubarões venenosos são encontrados no rio Tâmisa

Rio chegou a ser declarado biologicamente morto no passado, mas voltou a abrigar diversas espécies aquáticas
Por History Channel Brasil em 25 de Novembro de 2021 às 19:59
Londres: tubarões venenosos são encontrados no rio Tâmisa-0

Após ter sido constantemente poluído desde o início da Revolução Industrial, o rio Tâmisa, em Londres, foi declarado “biologicamente morto” em 1957. No entanto, graças às políticas ambientais promulgadas pelo Parlamento Britânico, hoje ele voltou a abrigar vida aquática. Entre os animais encontrados recentemente no local, está uma espécie de tubarões venenosos.

Tubarões venenosos

Uma pesquisa da Sociedade Zoológica de Londres trouxe boas notícias a respeito da recuperação do ecossistema e da vida selvagem do Tâmisa. Ao longo dos 346 quilômetros do rio, foram observadas até 115 espécies de peixes, além de cavalos marinhos e até focas. Além disso, os cientistas encontraram três espécies de tubarões em suas águas: o tubarão-azul, o cação e um tubarão de 60 centímetros coberto por espinhos venenosos, chamado cação-espinhoso.

Cação-espinhoso
Cação-espinhoso

Acredita-se que os tubarões usam o estuário do Tâmisa para dar à luz e amamentar seus filhotes, graças à melhoria da qualidade da água e das concentrações de oxigênio no rio que atravessa Londres. Os cações-espinhosos costumam ser encontrados em águas profundas. Os espinhos na frente de suas nadadeiras dorsais secretam um veneno que pode causar dor e inchaço em humanos.

A recuperação da vida aquática está sendo comemorada pelos pesquisadores. “[Em 1957] havia longos trechos do Tâmisa que tinham concentrações de oxigênio tão baixas devido a toda a poluição que grande parte do rio estava desprovida de vida", disse Alison Debney, da Sociedade Zoológica de Londres. "Este relatório nos permitiu realmente observar o quão longe o Tâmisa percorreu em sua jornada de recuperação desde que foi declarado biologicamente morto", afirmou.

Fontes
Standard, BBC e CNN
Imagens
iStock