Início

O francês que conseguiu gravar vozes humanas 30 anos antes de Thomas Edison

Edouard-Leon Scott Martinvillede patenteou o Fonoautógrafo em 1857
Por History Channel Brasil em 29 de Setembro de 2021 às 17:49
O francês que conseguiu gravar vozes humanas 30 anos antes de Thomas Edison-0

Thomas Edison entrou para história por suas invenções inovadoras, como o fonógrafo de cilindro de cera. Por muito tempo, acreditou-se que as primeiras gravações de vozes humanas tivessem sido registradas com esse equipamento em 1888. Mas, na verdade, um francês já tinha conseguido alcançar esse feito em 1857.

A descoberta foi feita em 2008 por Patrick Feaster e David Giovannoni, pesquisadores do projeto First Sounds Initiative. Quando eles viajaram para o Escritório de Patentes de Paris para pesquisar sobre os inícios das gravações de som, eles encontraram a patente de um equipamento chamado Fonoautógrafo. Ele foi inventado por um homem chamado Edouard-Leon Scott Martinvillede, que desenvolveu o aparelho 31 anos antes de Edison criar o fonógrafo.

Ao que tudo indica, o sonho de Scott era criar um dispositivo para registrar os sons, assim como a fotografia havia feito com as imagens. Foi assim que ele propôs criar uma réplica do ouvido para capturar a voz humana. No processo de gravação do Fonoautógrafo, lâminas eram cobertas com uma camada fina de fuligem. Acima do aparelho, havia um trompete acústico. No seu centro, uma cerda de javali funcionava como agulha. Conforme a placa de vidro deslizava horizontalmente a uma velocidade de um metro por segundo, alguém falava nas proximidades da abertura do trompete, fazendo com que as membranas vibrassem e a agulha registrasse os sons.

Primeiras gravações da história

Para surpresa de todos, os pesquisadores também encontraram as primeiras gravações sonoras da história. Depois de trabalhar sem descanso durante uma noite inteira para decifrar os fonoautogramas, eles finalmente conseguiram escutar uma canção folclórica francesa chamada “Au Clair De La Lune“. Depois disso, eles encontraram outros registros de sons gravados por Martinvillede.

Graças à descoberta dos membros da First Sounds Initiative, agora sabemos que Edouard-León Scott de Martinville foi a primeira pessoa a gravar a voz humana. Paradoxalmente, Scott morreu em completo anonimato um ano depois de conhecer o fonógrafo de Edison. Recentemente, em 2015, a UNESCO reconheceu os fonoautogramas de Scott como as primeiras gravações da história. 

VER MAIS:


 Fonte:  La Nación

Imagens: Dominío Público, via Wikimedia Commons e Institut National de la Propriété Industrielle