Início

Raros embriões de dinossauros muito bem conservados são encontrados na China

Pesquisadores acreditam que o fóssil pertença à espécie dos hadrossauros, herbívoro gigante que viveu há cerca de 67 milhões de anos
Por History Channel Brasil em 23 de Maio de 2022 às 12:11 HS
Raros embriões de dinossauros muito bem conservados são encontrados na China-0

Pesquisadores descobriram raros embriões de dinossauros muito bem preservados em ovos na China. Com base em suas características, os pesquisadores acreditam que o fóssil pertence à espécie dos hadrossauros. Esse tipo de herbívoro gigante que viveu no fim do período Cretáceo, há cerca de 67 milhões de anos.

Desenvolvimento dos dinossauros

Os ovos de dinossauro foram encontrados durante detonações de uma obra na bacia de Ganzhou, na província de Jiangxi Province. Um estudo sobre a descoberta foi publicado no periódico científico  BMC Ecology and Evolution. "Pelo menos dois dos ovos contêm embriões hadrossauroides identificáveis, descritos aqui pela primeira vez", escreveram os pesquisadores.

Embrião de dinossauro fossilizado

O ovo mais bem conservado tem a forma de esfera e mede aproximadamente 9cm de diâmetro. O embrião preenche cerca de 40 da área do ovo. Segundo os pesquisadores, o formato embrionário é reminiscente de hadrossauroides do Cretáceo Superior, como  Levnesovia transoxiana, Tanius sinensis e Nanningosaurus dashiensis, sugerindo possíveis afinidades com essas espécies. Os hadrossauros também são conhecidos como "dinossauros de bico de pato".

Encontrar embriões fossilizados de dinossauros é muito raro, pois a maioria deles se deteriora dentro dos ovos. A descoberta fornece importantes pistas sobre o desenvolvimento dos dinossauros. A partir da observação do fóssil, os cientistas puderam concluir que o tamanho minúsculo do ovo e do embrião implica que os hadrossauros apresentavam desenvolvimento corporal tardio como uma característica primordial.

Fontes
Interesting Engineering 
Imagens
Xing, L., Niu, K., Yang, TR. et al. Hadrosauroid eggs and embryos from the Upper Cretaceous (Maastrichtian) of Jiangxi Province, China. BMC Ecol Evo 22, 60 (2022). (CC BY 4.0)