Início

Satélite soviético é avistado no sul do Brasil ao reentrar na atmosfera terrestre

Relíquia da época da Guerra Fria cruzou os céus do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul
Por History Channel Brasil em 05 de Janeiro de 2022 às 15:19 HS
Satélite soviético é avistado no sul do Brasil ao reentrar na atmosfera terrestre-0

Uma relíquia da época da Guerra Fria fez uma aparição nos céus da região sul do Brasil no início desta semana. O satélite espião soviético Cosmos 1437 reentrou na atmosfera terrestre em 3 de janeiro, sendo avistado no Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. O equipamento havia sido lançado ao espaço no ano de 1983 em um foguete Vostok-2M, a partir do Cosmódromo de Plesetsk, na antiga URSS.

Câmeras flagraram satélite soviético

Por volta das 21h daquele dia, começaram a surgir relatos nas redes sociais de uma bola de fogo se movimentando lentamente pelo céu. Especulou-se que pudesse ser um meteoro ou a passagem de satélites Starlink, da SpaceX. Mas o fenômeno foi flagrado pelas câmeras da Bramon (Rede Brasileira de Observação de Meteoros), que concluiu que se tratava da reentrada do satélite Cosmos 1437.

Segundo a Bramon, a órbita do satélite vinha se deteriorando há algum tempo e sua reentrada estava prevista para ocorrer em 3 de janeiro de 2022. Os especialistas da entidade explicaram que tanto o horário quanto a trajetória e as características da bola de fogo são compatíveis com a reentrada desse objeto na atmosfera terrestre. 

A queda do satélite não representou risco para a população, pois grande parte do seu material foi vaporizado durante a passagem atmosférica. Apenas as peças mais maciças e resistentes são capazes de suportar o calor da reentrada, mas estas provavelmente caíram no oceano, segundo a Bramon.

Fontes
Bramon e CNN
Imagens
Bramon/Reprodução