Início

Caixas encontradas no litoral nordestino podem ter origem em navio afundado na 2ª Guerra

Por History Channel Brasil em 28 de Outubro de 2019
Caixas encontradas no litoral nordestino podem ter origem em navio afundado na 2ª Guerra-0

Desde 2018, centenas de caixas misteriosas começaram a aparecer no litoral do nordeste. Agora, cientistas acreditam que podem ter desvendado a sua origem. De acordo com eles, há indícios de que o material (que são grandes fardos de borracha) tenha vindo de um navio alemão torpedeado por tropas dos Estados Unidos próximo a Recife (PE) durante a Segunda Guerra Mundial.

Os pesquisadores chegaram a essa conclusão após a descoberta de uma inscrição que havia em uma das caixas, encontrada em julho deste ano na praia cearense de Itarema. A marcação indica que o material era proveniente da Indochina Francesa. Esse território, situado nos atuais Vietnã, Laos e Camboja, era uma colônia da França, mas durante a Segunda Guerra foi dominado pelos japoneses, que, juntamente com alemães e italianos, compunham o bloco conhecido como Eixo.

“Através dessa marcação [na caixa], fizemos uma pesquisa histórica e conseguimos identificar um cargueiro, chamado Rio Grande, que tinha uma carga de borracha com as inscrições referentes à Indochina Francesa”, afirmou o Professor Carlos Teixeira, um dos responsáveis pela pesquisa. Segundo informações de um banco de dados dos EUA sobre naufrágios no Atlântico Sul durante a Segunda Guerra, esse navio foi afundado em 1944. Os sobreviventes conseguiram sair em pequenos botes, depois desembarcaram em Fortaleza e foram presos na 10ª Região Militar. A embarcação foi encontrada em 1996, a cerca de 5.700 metros de profundidade.

Em uma simulação que levou em conta fatores como direção das correntes marítimas, temperatura, salinidade e ventos, os cientistas verificaram que é plausível que a embarcação seja a fonte das caixas misteriosas que aportaram no nordeste. “É um marco histórico, porque conseguimos identificar a origem dessas caixas”, reforça Teixeira. 

De acordo com os cientistas, também há uma hipótese de que o mesmo navio seja a origem das manchas de óleo que têm chegado a diversas praias do Nordeste, uma vez que elas apresentam rota parecida com a que foi possivelmente percorrida pelas caixas. Porém, outros estudos são necessários para verificar essa possibilidade.

Caixas encontradas no litoral nordestino podem ter origem em navio afundado na 2ª Guerra - 1


Fontes: Estadão e Instituto de Ciências do Mar (LABOMAR)/Universidade Federal do Ceará

Imagens :Instituto de Ciências do Mar (LABOMAR)/Universidade Federal do Ceará