Início

Agricultor encontra monumento de 2600 anos erguido por faraó no Egito

Placa em pedra contém inscrições e gravuras que remetem ao reinado de Apriés

Um agricultor que vive nas proximidades de Ismailia, no Egito, teve uma grande surpresa ao arar a terra. Por acaso, ele encontrou um monumento de 2600 anos erguido pelo faraó Apriés, que governou entre 589 a.C. e 570 a.C. Segundo os arqueólogos trata-se de uma estela (placa em pedra contendo inscrições ou gravuras).

Guerra do Egito contra os fenícios

A estela mede 230 cm de comprimento, 103 cm de largura e 45 cm de espessura. Em seu topo, há uma gravura representando um disco solar alado (figura que costuma ser associada a Rá, o deus do sol). Além disso, a placa apresenta o selo real do faraó Apries e um texto de 15 linhas escrito em hieróglifos.

Mostafa Waziri, secretário-geral do Conselho Supremo de Antiguidades, disse que a estela pode estar relacionada a uma campanha militar que Apriés empreendeu a leste do Egito. Segundo textos do historiador grego Heródoto (484 a.C. - 425 a.C.), o faraó travou uma guerra contra os fenícios que deixou muitos soldados egípcios mortos. A derrota egípcia desencadeou uma guerra civil que acabou levando Apriés a ser morto e substituído por Amásis (que era seu general e acabou se tornando faraó).

Os especialistas agora irão traduzir os hieróglifos contidos na estela. Talvez o texto possa trazer novas informações a respeito do conflito que resultou em um fim trágico para Apriés.

VER MAIS


Fonte: Live Science

Imagem: Ministério do Turismo e Antiguidades do Egito/Reprodução