Início

Ateus são mais generosos que os religiosos, sugere estudo dos EUA

Por History Channel Brasil em 25 de Novembro de 2015 às 00:04
Ateus são mais generosos que os religiosos, sugere estudo dos EUA-0

Os ensinamentos religiosos falam da compaixão, da generosidade e da disposição em ajudar os outros sem esperar nada em troca. Entretanto, de acordo com um estudo recente feito por pesquisadores da Universidade de Chicago, nos EUA, são as pessoas ateias que possuem uma tendência maior em apresentar essas características.

[VEJA TAMBÉM:Jornalista libera vídeo que mostra como o ISIS doutrina crianças à luta e à morte]

No experimento, realizado pelo professor de psicologia e psiquiatria Jean Decety, participaram 1.170 crianças de 5 a 12 anos de várias nacionalidades, dentre ateus, cristãos, muçulmanos e, em menor quantidade, agnósticos, judeus, hindus e budistas. Para cada participante foram entregues 30 cartas coloridas, e eles deveriam escolher suas 10 favoritas, que, depois, seriam usadas em um jogo. Em seguida, informava-se individualmente que apenas algumas crianças teriam a oportunidade de jogar, já que nem todos tinham recebido as cartas, e, então, eram-lhes dados 2 envelopes: 1 para guardar as com que eles queriam ficar e outro para dar a quem não participaria do jogo. O nível de generosidade era medido de acordo com a quantidade escolhida dentre as 10 cartas no envelope destinado aos companheiros.

O experimento trouxe resultados surpreendentes: os participantes criados em lares ateus eram os mais generosos. E para explicar isso, Decety lança a hipótese da licença moral: como existe a ideia que quem vive sob preceitos religiosos é compassivo e altruísta, as crianças não veem necessidade de demonstrar atitudes ligadas a esses valores e, além disso, utilizam esse conceito para justificar suas ações egoístas e pouco éticas.

Fonte: El Mundo

Imagem: Cheryl Casey/Shutterstock.com