Início

Capacete de guerreiro grego que viveu há dois mil anos é encontrado na Croácia

Por History Channel Brasil em 10 de Dezembro de 2020 às 14:47
Capacete de guerreiro grego que viveu há dois mil anos é encontrado na Croácia-0

Pesquisadores encontraram um capacete de guerreiro grego em uma tumba em Zakotarac, na Croácia. Acredita-se que o artefato tenha cerca de dois mil anos. No local também foram encontrados restos mortais humanos e uma grande variedade de objetos de uso pessoal.

A descoberta foi feita por arqueólogos da Universidade de Zagreb. Eles acreditam que o túmulo foi usado para sepultar um membro da elite do exército grego. O capacete é do tipo ilírio, usado pela primeira vez pelos antigos etruscos e citas. Mais tarde o acessório foi adotado pelos ilírios (povo que habitou o oeste dos Bálcãs), ganhando o nome pelo qual ficou conhecido.

Os arqueólogos acreditam que o capacete tenha sido usado durante as Guerras Médicas (ou Guerras Greco-Persas), travadas durante o século V a.C., de 499 até 449 a.C. Além desse artefato, a equipe de pesquisadores encontrou no local uma série de objetos pessoais enterrados com os mortos. Entre eles, estavam cerca de quinze alfinetes de bronze e prata, dez agulhas, vários ornamentos de bronze em espiral, pinças, vasos de cerâmica e contas de âmbar que faziam parte de um colar.

Segundo os arqueólogos, o guerreiro foi enterrado usando o capacete. A tumba onde o artefato foi encontrado continha outras sepulturas. Em uma delas estavam os restos mortais de uma mulher, enterrada com um bracelete de bronze no pulso. 


Fonte: Daily Mail

Imagem: D.Perki/Museus de Dubrovnik/Reprodução