Início

Encontrada joia milenar que sinaliza o fim da civilização Maia

A peça, criada durante uma seca que se estendeu por anos, era usada em cerimônias para atrair chuva e fertilidade. 

Uma equipe de antropólogos liderada por Geoffrey Braswell, professor da Universidade da Califórnia, nos EUA, descobriu recentemente, em Belize, uma joia maia milenar esculpida em jade.

O objeto foi encontrado em uma jazida arqueológica, onde também foram achadas jarras de pedra que provavelmente representam o deus maia do vento, de acordo com o pesquisador. A jazida estava localizada em um palácio construído por volta do ano 400 d.C.

Acredita-se que a joia possuía fins religiosos. Os 30 hieróglifos esculpidos nela detalham a genealogia de seu primeiro proprietário. Sua forma em T simboliza, na escrita maia, o vento e a água, motivo pelo qual ela, possivelmente, teria sido utilizada em cerimônias relacionadas à chuva e à fertilidade.

A inscrição no verso sugere que peça foi usada pela primeira vez em 672 d.C., época em que os pesquisadores acreditam que tenham se iniciado terríveis secas, as quais acabaram acelerando a queda do império Maia.


Fonte: RT

Imagem: Geoffrey Braswell/UC San Diego