Início

Estudo revela que crateras que surgiram na Sibéria possuem a mesma origem das crateras do Triângulo das Bermudas

Por History Channel Brasil em 20 de Outubro de 2014 às 09:55
Estudo revela que crateras que surgiram na Sibéria possuem a mesma origem das crateras do Triângulo das Bermudas-0

A equipe russa responsável pela pesquisa da misteriosa cratera de Yamal, na Sibéria, afirma que sua aparição repentina sofreu os mesmos processos que poderiam explicar os acontecimentos famosos e enigmáticos do Triângulo das Bermudas. Cientistas da cidade de Novosibirsk estabeleceram que a formação do fosso siberiano ocorreu, provavelmente, devido a um estouro pneumático, provocado pela decomposição de hidratos gasosos. Segundo os especialistas, este mesmo processo pode ter causado os desaparecimentos inexplicáveis de navios e aviões no Triângulo das Bermudas.

Através de estudos que utilizaram métodos de tomografia, aeromagnetismo e radiometria, os cientistas chegaram à conclusão de que o estouro pneumático foi alimentado pelo calor elevado de um verão extremo e por infiltrações na crosta terrestre. Por fim, os hidratos gasosos contidos na superfície explodiram e deram origem a um buraco profundo. No caso do Triângulo das Bermudas, os hidratos gasosos começam a se decompor ativamente, e o gelo de metano se transforma em gás. Esse processo acontece em forma de avalanche, como uma reação nuclear, e, assim, começam a emanar grandes quantidades de metano. Desse modo, o aquecimento do oceano chega a tal extremo que a água começa a “ferver”, causando o afundamento das embarcações e provocando sérias turbulências na atmosfera sobressaturada com gás metano, o que termina por derrubar os aviões.

Fonte: RT