Início

Idoso é condenado por guardar tanque nazista e armas da II Guerra no porão

Homem de 84 anos também armazenava uma série de artefatos ligados ao Terceiro Reich
Por History Channel Brasil em 09 de Agosto de 2021 às 22:30
Idoso é condenado por guardar tanque nazista e armas da II Guerra no porão -0

Muita gente guarda coisas estranhas no porão, mas um idoso na Alemanha passou dos limites. O homem de 84 anos armazenava em casa nada menos do que um tanque Panther usado pelo exército nazista durante a Segunda Guerra Mundial. Como a posse de armas de guerra é ilegal no país, ele acabou sentenciado a uma pena de 14 meses de prisão (que deve ser cumprida em liberdade), além de receber uma multa de € 250 mil (cerca de R$ 1,5 milhão).

Arsenal e parafernália nazista

Além do tanque, o idoso guardava uma arma antiaérea de calibre 88mm, um torpedo, um morteiro, metralhadoras, rifles de assalto e mais de mil cartuchos de munição. Esse verdadeiro arsenal foi encontrado durante uma busca realizada na propriedade dele em 2015. Uma denúncia anônima de que ele guardava obras de arte roubadas durante a Segunda Guerra levou as autoridades até o local.

Em sua defesa, o homem alegou que havia comprado o tanque de 40 toneladas na Inglaterra como "sucata". Os advogados do idoso ainda usaram o argumento de que o equipamento não tinha condições de uso, pois não tinha mais esteiras. Mas o júri não se convenceu e agora ele acaba de ser considerado culpado de violação da lei de controle de armas de guerra.

O idoso também mantinha em casa uma série de artefatos nazistas. Entre eles, estava um busto de Hitler, manequins usando uniformes do Terceiro Reich, pingentes de suástica, lâmpadas em forma de SS e a estátua de um guerreiro nu segurando uma espada. O monumento, que chegou a decorar a chancelaria de Hitler em Berlim, é de autoria de Arno Breker, escultor favorito do führer.

VER MAIS


Fontes: Business Insider e Gizmodo

Imagem: Jean-Pol Grandmont, via Wikimedia Commons