Início

Mais antiga evidência do uso de fogo por nossos ancestrais é encontrada em Israel

Hominídeos teriam dominado as chamas há cerca de 800 mil anos, muito antes do que se imaginava
Por History Channel Brasil em 21 de Junho de 2022 às 22:44 HS
Mais antiga evidência do uso de fogo por nossos ancestrais é encontrada em Israel-0

Pesquisadores encontraram em Israel as mais antigas evidências de uso de fogo por ancestrais dos humanos. Segundo os cientistas, os hominídeos dominaram as chamas há cerca de 800 mil anos, muito antes do que se imaginava. Um estudo sobre a descoberta foi publicado no periódico Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS).

Domínio do fogo

Para pesquisar algo tão antigo, os cientistas do Weizmann Institute of Science contaram com uma tecnologia moderna: a Inteligência Artificial (IA). Os pesquisadores utilizaram a IA na análise de ferramentas antigas de pedra encontradas no sítio arqueológico israelelense de Evron Quarry. O equipamento ajudou a determinar se esses artefatos foram queimados propositalmente ou não.

Humanos pré-históricos em volta de uma fogueira

Anteriormente, usando métodos tradicionais, as mais antigas evidências do uso controlado do fogo remontavam há cerca de 200 mil anos. Mas, no novo estudo, os pesquisadores utilizaram uma Inteligência Artificial capaz de analisar a composição química dos materiais e estimar o quanto foram aquecidos. Assim, a IA apontou que as ferramentas de pedra encontradas em Evron Quarry foram expostas a temperaturas de até 600°C, e talvez até mais quentes.

Segundo os pesquisadores, dezenas de ossos de animais encontrados no local também mostraram evidências de mudança molecular devido ao aquecimento. Os cientistas acreditam que isso sugere que os antepassados dos humanos estavam fazendo experiências com a queima de diferentes materiais. Em outras palavras, eles estavam aprendendo a controlar o fogo.

Esse domínio do fogo foi crucial para o desenvolvimento da nossa espécie. As chamas ajudaram os primeiros humanos a se manter aquecidos, a afastar predadores e a criar ferramentas avançadas. Além disso, o fogo desempenhou um papel importantíssimo na alimentação. Cozinhar carne antes de comê-la eliminou patógenos causadores de doenças e tornou a digestão de proteínas mais eficiente, o que, por sua vez, ajudou o cérebro dos humanos a crescer.

Fontes
All That is Interesting e The Times of Israel
Imagens
iStock