Início

Menina encontra rara moeda histórica de 2 mil anos em Israel

Peça foi cunhada por um sacerdote que se juntou aos rebeldes judeus que lutavam contra os romanos
Por History Channel Brasil em 23 de Novembro de 2021 às 21:31
Menina encontra rara moeda histórica de 2 mil anos em Israel-0

Uma moeda de prata do século I d.C. foi encontrada por uma menina de 11 anos em Israel. De acordo com especialistas da Autoridade de Antiguidades do país, a peça foi cunhada por um sacerdote que se juntou aos rebeldes judeus que lutavam contra os romanos. A descoberta foi classificada de "rara" pelos arqueólogos.

Grande Revolta Judaica

A menina, que se chama Liel Krutokop, participava como voluntária de uma expedição arqueológica junto com sua família. Ela encontrou a moeda durante um projeto no qual os participantes vasculham a terra escavada na Estrada de Peregrinação. “Tive a sorte de encontrá-la, mas também quero agradecer à minha irmã por escolher o balde que peneiramos. Se ela não tivesse escolhido esse balde em particular, eu provavelmente não teria encontrado a moeda”, afirmou.

Moeda rara encontrada em Israel

Segundo os pesquisadores, a moeda é feita de prata pura e pesa 14 gramas. Um de seus lados traz a inscrição "Jerusalém Sagrada", além de outra palavra que se refere à sede do Sumo Sacerdote no Templo. No outro, há a gravura de uma taça e as palavras “shekel israelense” e “segundo ano”. 

A data inscrita na moeda  faz menção ao segundo ano da Grande Revolta Judaica (67-68 d.C,),  a primeira de três grandes rebeliões dos judeus contra o Império Romano, travada na Judeia. O conflito resultou na destruição de cidades judaicas, no deslocamento da população, na apropriação de terras para uso militar romano, bem como na destruição do templo e do governo judaico.

“Trata-se de uma descoberta rara, pois das milhares de moedas descobertas até hoje em escavações arqueológicas, apenas cerca de 30 são feitas de prata durante o período da Grande Revolta”, disse Robert Kool, chefe do Departamento de Moedas da Autoridade de Antiguidades de Israel.

Fontes
The Jerusalem Post
Imagens
Yaniv Berman/Cidade de Davi/Autoridade de Antiguidades de Israel/Reprodução e Eliyahu Yanai/Cidade de Davi/Reprodução