Início

Pescador encontra "peixe mutante" próximo à Fukushima

Por History Channel Brasil em 30 de Outubro de 2015 às 16:43
Pescador encontra "peixe mutante" próximo à Fukushima-0

O acidente da estação nuclear de Fukushima, em março de 2011, é considerado o mais grave desastre nuclear desde Chernobyl. A contaminação do ar alcançou vários países da Europa e uma grande quantidade de material radioativo chegou às águas do litoral leste do Japão. Além dos danos causados à população, o ecossistema marinho foi seriamente afetado: as espécies encontradas nos arredores da estação apresentavam uma radiação 2.500 vezes maior que o limite legal.

[VEJA TAMBÉM: Lagosta estilo alien é capturada no Canadá]

Recentemente, o pescador Hirasaka Hiroshi encontrou, no litoral de uma ilha próxima a Fukushima, um animal assustador, possível vítima da catástrofe nuclear. Era uma traíra, cujas estranhas características voltaram a alertar os japoneses em relação ao impacto ambiental do desastre. E o primeiro aspecto do espécimen que chamou a atenção foram suas medidas: seu comprimento era quase o dobro das traíras normais, e sua boca era muito grande em comparação aos pequenos moluscos dos quais esses peixes se alimentam. Além disso, o animal estava muito distante do fundo do oceano, seu habitat natural.

Por isso, esse acontecimento traz à tona algumas questões em torno de Fukushima que permanecem misteriosas: a aparição desse animal, semelhante a uma criatura pré-histórica, é resultado da radioatividade? Se for esse o caso, que outros seres “mutantes” rodeiam esta cidade japonesa?


Fonte: RT

Imagem: YouTube / PatrynWorldLatestNew