Início

Qual é o sítio arqueológico mais antigo do mundo?

Se os nossos ancestrais surgiram há cerca de 6 milhões de anos, como saber qual é o local com as primeiras evidências de sua atividade?

A arqueologia é o campo da ciência que estuda os costumes e culturas do passado por meio de vestígios deixados por povos antigos. Apesar de nossos primeiros ancestrais terem surgido há cerca de 6 milhões de anos, não existe um consenso a respeito de qual é o sítio arqueológico mais antigo do mundo. De acordo com os especialistas, existem dois pontos do planeta que abrigam locais que disputam esse posto: Quênia e Etiópia.

Lomekwi 3

Qual é o sítio arqueológico mais antigo do mundo? - 1

Lomekwi 3 é uma localidade em Turkana, no Quênia, no qual foram encontrados ossos de hominídeos e artefatos de pedra. Segundo um estudo publicado na revista Nature em 2015, a idade do sítio é de quase 3,3 milhões de anos. As ferramentas encontradas ali teriam pertencido aos Australopithecus afarensis, que habitaram a região.

Gona

Qual é o sítio arqueológico mais antigo do mundo? - 2

Outro local que concorre ao sítio arqueológico mais antigo do mundo fica junto ao rio Kada Gona, na depressão de Afar, na Etiópia. Ali foram encontradas ferramentas de pedra feitas pelos Australopithecus garhi, que viveram no leste da África há cerca de 2,5 milhões de anos. Também foram encontrados fósseis primitivos nas redondezas da área.

Ledi-Geraru

Qual é o sítio arqueológico mais antigo do mundo? - 3

Ledi-Geraru, também na Etiópia, é mais um local que está na disputa. Lá, cientistas encontraram fragmentos de uma mandíbula humana com cerca de 2,8 milhões de anos. Apesar de ainda não ser possível determinar qual é o sítio arqueológico mais antigo do mundo, especialistas continuarão estudando os rastros do passado para conseguir determinar o ponto inicial da humanidade.


Fonte: Live Science

Imagens: iStock e Wikimedia Commons