Início

Ruínas de lendário templo de Hércules podem ter sido encontradas na Espanha

Santuário perdido é considerado uma espécie de "Santo Graal" para os arqueólogos 
Por History Channel Brasil em 15 de Dezembro de 2021 às 14:58
Ruínas de lendário templo de Hércules podem ter sido encontradas na Espanha-0

Pesquisadores podem ter encontrado as ruínas do mítico templo de Hércules Gaditanus, na Espanha. Em um novo estudo, cientistas do Instituto Andaluz de Patrimônio Histórico, da Universidade de Sevilha e do Centro Superior de Investigações Científicas revelam que identificaram indícios subaquáticos do santuário. A estrutura ficaria localizada entre as localidades de Sancti Petri e Camposoto, na província de Cádis.

Visita de Júlio César

O templo é considerado uma espécie de "Santo Graal" para os arqueólogos. As origens desse santuário remontam aos fenícios, que originalmente teriam construído a estrutura em honra ao deus Melkart. No período romano, o local passou a homenagear Hércules. 

O santuário provavelmente era formado por um conjunto de edifícios onde haveria um edifício principal e um pátio acessado por uma porta ladeada por duas grandes colunas. De acordo com o historiador Silio Itálico (28 d.C. - 103 d.C.), sua fachada exibia os doze trabalhos de Hércules esculpidos em bronze. Segundo a lenda, Júlio César teria visitado o templo e chorado diante do busto de Alexandre, o Grande, por não ter alcançado as mesmas glórias do líder macedônico.

Imagens das ruínas feitas com o LIDAR

Devido a registros históricos milenares, há séculos os pesquisadores acreditavam que o templo ficaria naquela região, mas ainda não havia provas concretas. Agora, com a ajuda de uma tecnologia conhecida como LIDAR, que possibilita o trabalho de mapeamento a partir do uso de laser aerotransportado, isso mudou. Os dados recolhidos revelaram indícios da presença de possíveis quebra-mares, grandes edifícios e da doca de um porto.

Segundo os pesquisadores, as investigações futuras incluirão levantamentos arqueológicos (terrestres e subaquáticos), estudos documentais e geoarqueológicos específicos e amostragem paleoambiental para verificar se  o local é mesmo o lendário templo de Hércules

Fontes
El País e Universidade de Sevilha
Imagens
Universidade de Sevilha/Reprodução