Hoje na história

09.out.2020

Ator Cecil Thiré morre aos 77 anos no Rio de Janeiro

O ator Cecil Thiré morreu em casa, enquanto dormia, em 9 de outubro de 2020, aos 77 anos, no Rio de Janeiro. O artista se destacou em inúmeras novelas e filmes. De acordo com familiares, ele sofria do mal de Parkinson.

Cecil Thiré era filho da atriz Tônia Carrero e do diretor de cinema e artista plástico Carlos Arthur Thiré. Aos 17 anos estudou interpretação com Adolfo Celi. Ele passou a trabalhar intensamente em teatro na década de 1960. Nos anos seguintes, fez sua estreia na direção de cinema, assinando filmes de curta e longa metragem.

No início dos anos 70, também passou a dirigir peças teatrais. Na televisão, atuou em vinte novelas e minisséries e esteve por oito anos em programas humorísticos da Rede Globo. O ponto alto de sua carreira televisiva aconteceu na novela Roda de Fogo, na qual interpretou o vilão Mário Liberato, que caiu no gosto do público. Também destacou-se em outras tramas, como O Espigão, Escalada, Sol de Verão, Champagne, Top Model e A Próxima Vítima (no papel de Adalberto Vasconcelos, o grande assassino da trama). 

O artista foi pai de quatro filhos: Miguel Thiré, Carlos Thiré e Luísa Thiré, frutos do seu primeiro casamento com Norma Pesce, e de João Cavalcanti Thiré, nascido de sua união com sua segunda esposa, Carolina Cavalcanti. De 2006 até a sua morte foi casado com Nancy Galvão.


Imagem: Globo/Reprodução