Hoje na história

20.DEZ.2020

Atriz Nicette Bruno morre de COVID-19, aos 87 anos

A atriz Nicette Bruno morreu em 20 de dezembro de 2020, aos 87 anos, no Rio de Janeiro. De acordo com o hospital onde ela estava internada, a morte foi causada por complicações decorrentes da COVID-19. A artista foi uma das pioneiras da televisão brasileira. 

Nascida em Niterói, Nicette começou a se interessar cedo pelas artes. Filha de uma atriz, aos seis anos ela já estudava piano no Conservatório Nacional e se apresentava como pianista em um programa de rádio. Aos 11, entrou para o grupo de teatro da Associação Cristã de Moços, sua estreia nos palcos. Aos 14 anos, já era profissional de teatro, contratada pela Companhia Dulcina-Odilon, da atriz Dulcina de Morais. 

Nicette Bruno estreou na TV Tupi assim que a emissora foi inaugurada, em 1950, fazendo participações em recitais e teleteatros. Em 1952, Nicette conheceu o ator Paulo Goulart, com quem se casou dois anos depois. Nas décadas seguintes, passou pela TV Continental e TV Excelsior até ser convidada pelo ator e diretor Fabio Sabag para trabalhar no seriado Obrigado, Doutor, na Globo, em 1981. Além disso, também continuava a atuar no teatro.

Na Globo, estrelou em novelas como Sétimo Sentido, Louco Amor, Selva de Pedra, Bebê a Bordo, Rainha da Sucata, Mulheres de Areia, entre outros sucessos. Em 2001, após ter se afastado por um bom tempo da televisão, encarnou Dona Benta durante quatro anos na nova versão para a TV do Sítio do Pica-Pau Amarelo, ganhando grande popularidade entre as crianças. Seu último trabalho foi uma participação especial na novela Éramos Seis, em 2020. Ela teve três filhos com Paulo Goulart (morto em 2014): os atores Beth Goulart, Bárbara Bruno e Paulo Goulart Filho. 


Imagem: Divulgação