Hoje na história

16.Maio.2021

Bruno Covas, prefeito de São Paulo, morre aos 41 anos

Bruno Covas, prefeito de São Paulo, morreu em 16 de maio de 2021, aos 41 anos.  Filiado ao PSDB, o político também exerceu os cargos de deputado estadual e deputado federal. Ele lutava contra um câncer, diagnosticado em 2019.

Neto de Mário Covas, ex-governador de São Paulo, Bruno Covas se interessou pela política desde cedo. Nascido em Santos, se mudou para São Paulo no Ensino Médio, quando foi morar com o avô. Graduou-se em Direito, pela Universidade de São Paulo (1998-2002), e em Economia, pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1998-2005).

Bruno Covas filiou-se em 1998 ao PSDB. Em 1999, foi eleito o Primeiro Secretário da Juventude do Partido. Em 2003, foi eleito presidente estadual do partido.

Em 2004, se candidatou a vice-prefeito de Santos na chapa de Raul Christiano, pelo PSDB. Nos anos de 2005 e 2006, foi assessor da liderança dos Governos de Alckmin e Cláudio Lembo na Assembleia Legislativa. Em 2006, foi candidato a deputado estadual em São Paulo, sendo eleito com 122.312 votos.

Em 2010, elegeu-se novamente deputado estadual, tornando-se o candidato mais votado daquelas eleições, com 239.150 votos. Bruno Covas assumiu a Secretaria do Meio Ambiente a partir do início de 2011, quando se licenciou do cargo de deputado estadual. Ficou no cargo até abril de 2014, quando foi exonerado para disputar as eleições naquele ano.

Em 2014, Covas foi eleito deputado federal. Dois anos depois, elegeu-se vice-prefeito de São Paulo pelo PSDB, na chapa de João Doria. Com a renúncia de Doria para concorrer ao governo do estado em 2018, Bruno Covas assumiu a prefeitura da maior cidade do País. Em novembro de 2020, Covas foi reeleito para o cargo.


Imagem: Rovena Rosa/Agência Brasil