Hoje na história

07.jan.2021

Cantor Genival Lacerda morre aos 89 anos após contrair COVID-19

O cantor paraibano Genival Lacerda morreu em 7 de janeiro de 2020, aos 89 anos, no Recife. Internado por mais de  um mês com COVID-19, ele não resistiu à doença. O artista fez muito sucesso com seus forrós engraçados que apresentavam letras de duplo sentido.  

Nascido em Campina Grande (PB), Genival se mudou nos anos 1950 para Recife, em Pernambuco. Lá, chegou a trabalhar como radialista antes de seguir a carreira musical. Seu primeiro disco foi lançado em 1956.

Em 1964, Genival se radicou no Rio de Janeiro. Mas ele só alcançou o sucesso nacional em 1975, com a música "Severina Xique Xique", do famoso refrão "ele tá de olho é na butique dela". O cantor também chamava atenção por seu visual e performance no palco: usando chapéu-coco e camisas coloridas, ele dançava segurando a barriga.

Nos anos seguintes, emplacou outros hits bem-humorados, como "Radinho de Pilha", "Mate o Véio" e "De Quem é esse Jegue". Na década de 1980, o cantor era frequentador assíduo de atrações populares como Cassino do Chacrinha e Programa Silvio Santos.

Ao longo da carreira, Genival Lacerda lançou mais de 40 discos, entre álbuns e compactos. Na década de 1990 o artista voltou a morar no Recife. Em 2017, recebeu no Palácio do Planalto a medalha da Ordem do Mérito Cultural (OMC). 


Imagem: Alan Santos/PR, via Wikimedia Commons