Hoje na história

08.nov.2020

Cantora Vanusa morre aos 73 anos

A cantora Vanusa morreu em 8 de novembro de 2020, aos 73 anos, em uma casa de repouso em Santos (SP). De acordo com a família, a causa da morte foi uma insuficiência respiratória. Alguns dias antes ela havia recebido alta de um hospital após ter sido internada uma pneumonia.

Nascida em Cruzeiro (SP), Vanusa Santos Flores tornou-se vocalista do conjunto Golden Lions aos 16 anos. Em 1966, durante os últimos anos da Jovem Guarda, apresentou-se no programa O Bom, de Eduardo Araújo, na extinta TV Excelsior de São Paulo. Logo, foi contratada pela RCA Victor e fez sucesso com a canção "Pra Nunca Mais Chorar".

Em 1968, gravou seu primeiro disco, estreando ainda como compositora em três canções. Cinco anos depois, em seu quarto LP, já como contratada da gravadora Continental, lançou seu maior sucesso: "Manhãs de Setembro". Em 1975, lançou outro hit: "Paralelas", composição de Belchior. Em 1977, protagonizou ao lado de Ronnie Von a telenovela Cinderela 77, da Rede Tupi.

A cantora foi casada duas vezes: com o músico Antônio Marcos e com o ator e diretor de televisão Augusto César Vannucci. Em 1997, publicou sua autobiografia: "Vanusa - A Vida Não Pode Ser Só Isso!". Em 2005, participou de vários concertos comemorativos aos 40 anos da Jovem Guarda. A partir de 2009 começou a apresentar problemas de saúde, sofrendo episódios de desorientação. Em 2015, lançou seu primeiro álbum de canções inéditas em vinte anos: "Vanusa Santos Flores", produzido por Zeca Baleiro.


Imagem: Divulgação