Hoje na história

10.fev.1258

Cerco a Bagdá pelos mongóis: fim da Era de Ouro Islâmica

Um dos conflitos mais sangrentos da história chegou ao fim no dia 10 de fevereiro de 1258, com o Cerco a Badgá. Foi uma batalha que teve como característica a brutalidade das forças do Ilcanato Mongol e tropas aliadas a Hulagu Khan. As tropas mongóis marcharam em direção a Bagdá - a atual capital do Iraque - e renderam os homens do Califado Abássida, que controlava a região. Eram 150 mil soldados mongóis contra 50 mil defensores de Bagdá. 

 

Seguida à invasão, iniciada no final de janeiro, também ocorreram saques e incêndios na cidade. Os mongóis ainda assassinaram os soldados e muitos civis. Segundo historiadores, em torno de 800 mil árabes morreram, mas há fontes que apontam que mais de 2 milhões de civis foram massacrados pelos invasores.

 

A invasão devastou Bagdá, que permaneceu em ruínas por um longo tempo. O Cerco a Bagdá é considerado o fim da Era de Ouro Islâmica - período entre os séculos VIII e XIII em que engenheiros, acadêmicos e comerciantes do mundo islâmico contribuíram em várias áreas como artes, ciências e tecnologia, preservando e melhorando o legado clássico e acrescentando novas invenções e inovações.

 


Imagem: [Domínio Público], via Wikimedia Commons