Hoje na história

05.DEZ.1933

Fim da Lei Seca falha e chega ao fim nos Estados Unidos

Em um dia como este, em 1933, era ratificada a Emenda 21 à Constituição dos EUA que colocava um fim à proibição nacional do consumo de álcool nos Estados Unidos. Era o término da chamada Lei Seca (da Emenda 18), que havia entrado oficialmente em vigor em 29 de Janeiro de 1920. Um pouco antes, em 28 de outubro de 1919, o Congresso aprovou a Lei de Volstead, sobre o veto do presidente Woodrow Wilson. Esta lei impôs o cumprimento da Lei Seca , incluindo a criação de uma unidade de proibição especial do Departamento do Tesouro. Em seus primeiros seis meses, a unidade destruiu milhares litros de bebida ilícita de contrabandistas. Contudo, ao longo do tempo, o que se viu foi o crescimento do crime organizado, em que contrabandistas como Al Capone, de Chicago, construíram verdadeiros impérios criminosos, que custaram bilhões de dólares da receita dos EUA. Na prática, em áreas urbanas, o consumo de álcool era tolerado em bares considerados "clandestinos".

Em resumo, a Lei Seca falhou totalmente em impor sobriedade aos cidadãos e custou bilhões de dólares. Rapidamente, a medida perdeu apoio popular no início dos anos 1930. Após a revogação da Emenda 18, porém, alguns estados continuaram com a proibição. O Mississípi foi o último a derrubar a lei, em 1966.

 

 


 

Imagem:  [Public domain], via Wikimedia Commons