Hoje na história

05.out.1908

Ford T começa a ser vendido nos EUA

O sonho de Henry Ford em tornar o automóvel universal começava a se tornar realidade em um dia como este, no ano de 1908, quando começaram nos Estados Unidos as vendas do revolucionário Modelo T, um carro de preço acessível, fácil manuseio e manutenção. Tudo isso foi possível por conta de um processo inovador de fabricação em série de veículos, que baixou custo do produto ao cliente final. Cada carro saía da fábrica pelo preço de US$ 850. Mais tarde, com outras inovações no processo industrial, o preço chegou a cair para US$ 260, e um carro era produzido em 93 minutos. O Ford T vendeu 15 milhões de unidades durante o período em que foi produzido, entre 1908 e 1927.
 
Em 1914, a Ford contava com 13 mil empregados que produziam cerca de 300 mil carros, enquanto outras 299 empresas, com 66.350 funcionários, fabricavam, aproximadamente, 280 mil veículos. Até 1912, não havia porta ao lado do motorista. O carro fechado só veio 1915. As versões coloridas deixaram de existir em 1914, pois a tinta preta secava mais rápido do que as outras. O modelo T tinha nove estilos de carroçaria, todos com mesmo chassis. "Lizzie" era um dos seus apelidos mais populares nos EUA, enquanto o carro era conhecido como Bigode no Brasil. O primeiro modelo T possuía 20 cavalos de potência, motor de quatro cilindros e atingia uma velocidade máxima de cerca de 55,8 quilômetros por hora.
 
 

Imagem:  [Public domain], via Wikimedia Commons