Hoje na história

29.fev.1520

Guerra das Germanías na Espanha

A rebelião das Germanías foi o conflito armado produzido no Reino de Valencia a princípios do reinado de Carlos I. Dado o caráter e legislação predominantemente burgueses da sociedade valenciana, adotaram características próprias de revolta social contra a nobreza. Isto foi unido a uma época difícil economicamente. O início da guerra foi progressivo e marcado por atos legais e de protesto, e foi determinante nele o fato de que o povo tinha licença real para utilizar armas para se defender das incursões dos piratas berberes. Após a fuga da nobreza, as classes médias e sindicais da cidade foram tomando posse progressivamente do governo até que estabeleceram a Junta dos 13, formada por um representante de cada sindicato, para reger a capital valenciana. O rei Carlos I estava naquele momento (1520) em Aquisgrão, concentrado em sua coroação como imperador, e as únicas medidas que tomou ante a revolta foi a proibição do uso de armas, proibição que ninguém levou em consideração.

 


Imagem: Marcelino de Unceta [Domínio público], via Wikimedia Commons