Início

Morre o sertanista Orlando Villas-Bôas, aos 88 anos

Morre o sertanista Orlando Villas-Bôas, aos 88 anos-0

Em um dia como este, no ano de 2002, morria o sertanista Orlando Villas-Bôas, em São Paulo, aos 88 anos. Um referência na sua área, Orlando fez o reconhecimento de numerosos acidentes geográficos do Brasil central. Foi indicado duas vezes para o Prêmio Nobel da Paz, com Cláudio, em 1971 e, em 1976, pelo resgate das tribos xinguanas.

Crítico da influência do homem branco no ambiente indígena, Orlando destacava que, 400 anos depois do início da colonização europeia, cada uma das tribos assentadas às margens do Xingu mantinha sua própria cultura e identidade. Orlando e seus irmãos ajudaram a consolidar o Parque Indígena do Xingu com o apoio do marechal Rondon, de Darcy Ribeiro e do sanitarista Noel Nutels. Orlando chegou, em 1961, a administrar o Parque. Também foi autor de 14 livros e ajudou a fundar a Funai.

 

 

 


 

Imagem: via Wikimedia Commons