Hoje na história

30.jul.1771

Morre Thomas Gray

Thomas Gray foi um poeta inglês que nasceu em 26 de Dezembro de 1716 e faleceu em 30 de Julho de 1771. Estudou nas universidades de Eton e Cambridge. Em meados de 1741-1742 começou a escrever poesia em inglês em lugar do latim, criando um fragmento de uma tragédia raciniana, Agripina (publicada em 1775). Em 1750 terminou o poema que lhe trouxe a fama, Elegia Escrita num Cemitério Camponês, e o enviou a seu amigo, o escritor Horace Walpole, que fez questão de que fosse publicado (1751). Enquanto vivia em Cambridge, Gray escreveu O Progresso da Poesia (1754). Em 1757, recusou a nomeação de poeta e em 1768 começou a dar aulas como catedrático de história e línguas modernas. Entre seus poemas encontram-se Ode on a Distant Prospect of Eton College (1747), Sonnet on The Death of Mr Richard West (1775), e The Bard (1757). Quando seus deveres escolares lhe permitiam, viajava por toda a Inglaterra à procura de paisagens pitorescas e monumentos antigos, cujas impressões ficaram registradas no Diário (1775). Thomas Gray é considerado como precursor dos poetas do romantismo.

 


Imagem: [Domínio público], via Wikimedia Commons