Hoje na história

02.out.1945

Nasce o cantor romântico Wando

No dia 2 de outubro de 1945 nascia, em Cajuri (MG), Vanderley Alves dos Reis, popularmente conhecido como Wando, cantor de música popular brasileira, com mais de 20 discos gravados. Em suas letras, Wando falava de amor, mulheres e sexo. Uma de suas marcas registradas era sua coleção de calcinhas de fãs. Antes de se tornar cantor, Wando – que recebeu este apelido da avó – trabalhou como motorista de caminhão e feirante. Ao mesmo tempo, contudo, estudava violão e tocava em alguns bailes no estado do Rio de Janeiro, na região de Volta Redonda. Um dos primeiros passos para o sucesso de sua carreira aconteceu em 1973. Ao lado de Nilo Amaro, compôs a música "O Importante é Ser Fevereiro", que foi interpretada por Jair Rodrigues. Outros cantores consagrados como Roberto Carlos, Ângela Maria e Originais do Samba também cantaram músicas da autoria de Wando. Seu primeiro álbum saiu no mesmo ano, "Glória Deus No Céu e Samba na Terra".

O sucesso não demorou a vir. Em 1974, seu disco "Moça" vendeu 1,2 milhão de cópias. Outros grandes sucessos foram "Chora Coração" (1985), que fez parte da trilha sonora da telenovela Roque Santeiro, e "Fogo e Paixão", do disco "O Mundo Romântico de Wando" (1988). Seu último disco de inéditas, "Romântico Brasileiro, Sem Vergonha", foi lançado em 2005. O cantor morreu no dia 8 de fevereiro de 2012, em um hospital em Nova Lima (MG), vítima de uma parada cardíaca. Wando tinha 66 anos e ficou internado por 15 dias por causa de problemas no coração.

 


 

Música: Fogo e Paixão

Composição: Wando

Álbum: O Mundo Romântico de Wando

 

Você é luz, é raio estrela e luar,

Manhã de sol, meu iaiá, meu ioiô

Você é sim, e nunca meu não,

Quando tão louca, Me beija na boca

Me ama no chão.

 

Você é luz, é raio estrela e luar,

Manhã de sol, meu iaiá, meu ioiô

Você é sim, e nunca meu não,

Quando tão louca, Me beija na boca

Me ama no chão.

 

Me suja de carmim, me põe na boca o mel,

Louca de amor me chama de céu (oh oh oh)

E quando sai de mim, leva meu coração,

Você é fogo, eu sou paixão!

 

Você é luz, é raio estrela e luar,

Manhã de sol, meu iaiá, meu ioiô

Você é sim, e nunca meu não,

Quando tão louca, Me beija na boca

Me ama no chão.

 

Me suja de carmim, me põe na boca o mel,

Louca de amor me chama de céu (oh oh oh)

E quando sai de mim, leva meu coração,

Você é fogo, eu sou paixão!

 

Você é luz, é raio estrela e luar,

Manhã de sol, meu iaiá, meu ioiô

Você é sim, e nunca meu não,

Quando tão louca, Me beija na boca

Me ama no chão.

 

Quando tão louca, Me beija na boca

Me ama no chão.

 

Quando tão louca, Me beija na boca

Me ama no chão.

 


Imagem:  via Wikimedia Commons