Hoje na história

03.DEZ.1930

Nasce o cineasta francês Jean-Luc Godard

No dia 3 de dezembro de 1930 nascia, em Paris, o diretor francês Jean-Luc Godard. Ele começou a carreira como crítico da revista “Cahiers du Cinéma” antes de impressionar o público com o seu estilo ágil, original e quase sempre provocador de fazer cinema. Um dos principais nomes do movimento da “Nouvelle Vague” do cinema, entre suas obras de destaque estão “Viver a vida” (1962), “Alphaville” (1965), “O demônio das 11 horas” (1965), “Duas ou três coisas que eu sei dela” (1966), “A chinesa” (1967) e “Week-end à francesa” (1968). Nesta época, Godard se caracterizava pela mobilidade da câmera, pelos demorados planos-sequências, pela improvisação e pela tentativa de carregar cada imagem com valores e informações contraditórios. Após o movimento estudantil de maio de 1968, Godard voltou-se ao cinema político. A partir daí filmou “Pravda” (1969), “Vento do Oriente” (1969) e “Até a vitória” (1970). Em 1982 filmou “Passion”, filme em que tentou fazer uma reflexão sobre a pintura, buscando uma inovação cinematográfica. Seus filmes seguintes, “Prénom: Carmen” (1983) e “Je vous salue Marie” (1984), provocaram polêmica. O último chegou ser proibido em alguns países por tratar de modo irreverente os valores cristãos.

 

 


 

Imagem: via Wikimedia Commons