Hoje na história

22.Abr.1937

Nasce o consagrado ator Jack Nicholson

Em 22 de abril de 1937, nasce na cidade de Neptune, Nova Jersey, John Joseph Nicholson, que se tornará um dos maiores e mais famosos atores de sua geração, pelos papéis marcantes em filmes como Sem Destino, Um Estranho no Ninho e Melhor Impossível.

O pai de Nicholson abandonou sua mãe antes de seu nascimento, e ele cresceu acreditando que sua avó era sua mãe e que sua mãe era sua irmã mais velha. Jack só soube da verdade no início dos anos 70, muito tempo após a morte das duas, através de uma jornalista, que escrevia um artigo sobre o recém-famoso ator.

Depois de terminar o ensino médio, Nicholson ganhou uma bolsa para estudar na Universidade de Delaware, mas preferiu tentar a carreira como ator. Após se mudar para Los Angeles, ele conseguiu um emprego no departamento de animação da MGM, ao mesmo tempo em que começou a estudar artes dramáticas no Players Ring Theatre, ganhando pequenos papéis em séries de TV.

Em 1958, Nicholson interpretou um adolescente conturbado no seu primeiro longa-metragem, o terror de baixo orçamento The Cry Baby Killer. Esta foi a primeira de várias aparições em filmes de terror e de motociclismo e em outros filmes B, que Nicholson faria no decorrer da década seguinte. Ele também tentou seguir carreira como roteirista, escrevendo os roteiros para Viagem ao Mundo da Alucinação (1967), dirigido pelo rei dos filmes B, Roger Corman, e o musical Os Monkees Estão de Volta (1968). Nicholson se casou com a atriz Sandra Knight em 1962, mas o matrimônio durou apenas 5 anos.

Em 1967, ele ganhou sua grande oportunidade nas telas, quando o ator Rip Torm desistiu de seu papel em Sem Destino (1969), e Nicholson foi cotado para substituí-lo. Interpretando um advogado alcoólatra ao lado dos motociclistas traficantes de droga vividos por Peter Fonda e Dennis Hopper, ele roubou as cenas e ganhou uma indicação ao Oscar por Melhor Ator Coadjuvante.

Após o sucesso de Sem Destino, a carreira de Nicholson teve uma grande ascensão. Como o músico de talento preso em uma mina de perfuração em Cada um Vive Como Quer (1970), ele ganhou outra indicação ao Oscar, desta vez como Melhor Ator. Depois de mais duas indicações – por A Última Missão (1973) e Chinatown (1974), o thriller noir de Roman Polanski –, Nicholson finalmente levou um prêmio de Melhor Ator para casa por Um Estranho no Ninho (1975), no qual ele interpreta um paciente em um hospital psiquiátrico. O filme, inclusive, foi o primeiro a arrebatar todas as cinco principais categorias da Academia: Melhor Ator, Melhor Atriz (Louise Fletcher, como a sádica enfermeira Ratched), Melhor Roteiro, Melhor Diretor (Milos Forman) e Melhor Filme.

No topo do primeiro time hollywoodiano, Jack fez participações esporádicas nas telas no restante dos anos 70. Já nos 80, ele apareceu em uma série de performances notórias, incluindo O Iluminado (1980), de Stanley Kubirck, e os longas pelos quais foi novamente indicado ao Oscar Reds (1981), Laços de Ternura (1983) e Ironweed (1987). Mostrando seu lado mais extravagante, ele interpretou satã em As Bruxas de Eastwick (1987) e viveu o Coringa em Batman (1989), com uma atuação bastante elogiada – dois grandes sucessos de bilheteria. Fazendo um coronel linha dura da marinha em Questão de Honra (1992), Nicholson acumulou sua décima indicação da Academia, um recorde para um ator masculino.

Em 1997, Nicholson e a coprotagonista Helen Hunt ganharam ambos o Oscar por suas atuações na comédia dramática excêntrica Melhor Impossível. Ainda no auge de sua forma, ele continuou a aparecer com frequência em papéis principais ao longo da década, recebendo elogios (e a décima segunda indicação da Academia) por sua performance atipicamente moderada em As Confissões de Schmidt (2002); se entregando ao seu lado mais suave na comédia romântica Alguém Tem Que Ceder (2003), ao lado de Diane Keaton; e liderando o elenco estrelar do drama mafioso de Martin Scorsese e vencedor do Oscar, Os Infiltrados (2006).

Nicholson, um grande fã de basquete, pode ser visto com frequência, no canto da quadra, nos jogos dos Los Angeles Lakers.

 


Imagem: Jerzy Kośnik [CC BY-SA 3.0], via Wikimedia Commons

 

 

Clique aqui e saiba mais sobre a história de Jack Nicholson