Início

Nasce o teólogo Frei Betto, que denunciou os abusos do regime militar no Brasil

Nasce o teólogo Frei Betto, que denunciou os abusos do regime militar no Brasil -0

No dia 25 de agosto de 1944 nascia, em Belo Horizonte, Carlos Alberto Libânio Christo, mais conhecido como Frei Betto, escritor e religioso dominicano. Adepto da Teologia da Libertação, é militante de movimentos pastorais e sociais e ocupou a função de assessor especial do presidente Lula entre 2003 e 2004. Também foi coordenador de Mobilização Social do programa Fome Zero. Esteve preso por duas vezes sob a ditadura militar: em 1964, por 15 dias; e entre 1969-1973. Sua experiência na prisão resultou nos livros "Cartas da Prisão", "Dário de Fernando - nos cárceres da ditadura militar brasileira" e “Batismo de Sangue”. Este último foi premiado com o Jabuti de 1983 e traduzido na França e na Itália. O livro descreve os bastidores do regime militar, a participação dos frades dominicanos na resistência à ditadura, a morte de Carlos Marighella e as torturas sofridas por Frei Tito. Baseado no livro, o diretor mineiro Helvécio Ratton produziu o filme Batismo de Sangue, lançado em 2007.

 


Imagem: via Wikimedia Commons