Hoje na história

30.ago.2003

O adeus do "cara durão" Charles Bronson

Em um dia como este, o cinema perdia um dos seus "caras durões", o ator norte-americano Charles Bronson, que morria no ano de 2003, em Los Angeles, nos EUA. Bronson sofria do Mal de Alzheimer e morreu vítima de uma pneumonia aos 81 anos. Filho de um mineiro lituano, ele nasceu em Ehrenfeld, 3 de novembro de 1921. Bronson cresceu na Pensilvânia e, pela família, ele iria seguir com o trabalho nas minas de carvão, com seu pai e seus irmãos. Antes de iniciar a carreira no cinema, ele também serviu na Segunda Guerra Mundial.
 
Apesar de conseguir alguns papéis na década de 50, apenas nos anos 70 é que ele ganhou fama, quando ficou conhecido como "o homem de poucas palavras e muita ação", por causa dos seus personagens. Entre os seus filmes de sucesso estão "Assassino a preço fixo" (1972), "Fuga audaciosa" (1975) e o clássico "Desejo de Matar", (1974), filme que ganhou outras quatro sequências.