Hoje na história

23.jul.1993

Oito jovens são mortos na Chacina da Candelária

Em 23 de julho de 1993, aconteceu no Rio de Janeiro a chacina da Candelária. Naquele dia, oito jovens (seis menores e dois maiores de idade) em situação de rua foram assassinados nas proximidades da Igreja de Nossa Senhora da Candelária. As vítimas tinham entre 11 e 19 anos.

O crime aconteceu pouco antes da meia-noite, quando dois carros com placas cobertas pararam em frente à igreja. Em seguida, os ocupantes atiraram contra dezenas de pessoas, a maioria crianças e adolescentes, que estavam dormindo nas redondezas.

Posteriormente, nas investigações, descobriu-se que policiais militares estavam envolvidos no crime. Além dos jovens mortos, várias crianças e adolescentes ficaram feridos. Um dos sobreviventes da chacina, Sandro Barbosa do Nascimento, voltou aos noticiários quase sete anos depois, como o autor do sequestro do ônibus 174.

A notícia correu o mundo e chocou pela sua violência contra os menores. Sete policiais, entre militares e civis, foram indiciados e, destes, três foram condenados. Todos eles permanecem em liberdade, beneficiados por indulto ou liberdade condicional.

 


Imagem: via Wikimedia Commons