Hoje na história

14.DEZ.2020

Paulinho, vocalista do Roupa Nova, morre após contrair COVID-19

Paulo César Santos, conhecido como Paulinho, vocalista do Roupa Nova, morreu em 14 de dezembro de 2020, aos 68 anos, no Rio de Janeiro. O músico estava internado desde o início de novembro, quando contraiu COVID-19.  Ele começou a fazer sucesso no início dos anos 1980, quando sua banda se consolidou como uma das mais populares do Brasil.

Nascido no Rio de Janeiro, Paulinho se tornou músico profissional na década de 1970, quando integrou a banda Os Famks. Desde 1978, o conjunto se consolidou com a formação composta por Paulinho (percussão e vocal), Serginho Herval (bateria e vocal), Nando (baixo e vocal), Kiko (guitarra e vocal), Cleberson Horsth (teclados e vocal) e Ricardo Feghali (piano, teclados e vocal).

Depois de assinar um contrato de gravação com a Polygram, em 1980 a banda é renomeada como Roupa Nova, sob sugestão do produtor musical Mariozinho Rocha. Seu estilo acessível, marcado por harmonias vocais sofisticadas, logo levaria o conjunto ao sucesso.

O Roupa Nova se consagrou a partir do segundo disco da carreira, lançado em 1982, com a clássica Clarear, que se tornou tema da novela "Jogo da Vida" (TV Globo). Naquela década, as músicas da banda fizeram parte de outras trilhas sonoras de novelas globais de sucesso, como "Um Sonho a Mais" e "Roque Santeiro". Nos anos seguintes, suas canções emplacaram em diversas estações de rádio brasileiras. Entre os principais sucessos da banda estão canções como Sapato VelhoAnjo, Whisky-a-Go-Go, Chuva de Prata, Linda Demais e Dona.

Em setembro de 2020, Paulinho passou por um transplante de medula óssea para tratar de um linfoma. Ele respondeu bem ao tratamento, mas depois precisou ser novamente internado para tratar da COVID-19.


Imagem: Gean, via Wikimedia Commons