Hoje na história

21.mar.1556

Queimado o arcebispo Thomas Cranmer

Thomas Cranmer foi o primeiro Arcebispo de Canterbury durante o reinado de Enrique VIII. Sua nomeação como Arcebispo, e a constatação de que não existiu consagração episcopal, estão na base da decisão do Papa Leão XIII de declarar inválidas as ordenações anglicanas por causa da interrupção na sucessão apostólica. Desempenhou um importante papel na reforma anglicana e fez parte da controvérsia sobre a anulação do matrimônio com Catarina, tia do imperador Carlos V, pronunciando-se a favor da mesma e validando depois o matrimônio do Rei com Ana Bolena. Acusado de heresia, foi queimado no dia 21 de março de 1556, durante o reinado de Maria I, da Inglaterra.

 

Imagem:  [Domínio Público], via Wikimedia Commons