Hoje na história

04.ago.1977

Rachel de Queiroz é eleita para a Academia Brasileira de Letras

Pela primeira vez, uma mulher era eleita para a Academia Brasileira de Letras, em um dia como hoje, no ano de 1977. A escritora e jornalista Rachel de Queiroz ingressou nesta instituição aos 66 anos, tornando-se a quinta ocupante da cadeira 5, que tem como patrono Bernardo Guimarães. Ela concorreu contra o jurista Pontes de Miranda para a vaga de Cândido Mota Filho, e venceu o pleito por 23 votos, contra 15 dados para o rival e um em branco.

Nascida em Fortaleza (CE), no dia 17 de novembro de 1910, ela se destacou como autora na ficção social nordestina. Em1993, foi a primeira mulher agraciada com o Prêmio Camões. Entre mais de 20 livros de sua autoria, alguns foram adaptados para a TV como "As Três Marias" e "Memorial de Maria Moura", que viraram minisséries.

A escritora também chegou a ser convidada pelo então presidente da República Jânio Quadros para ocupar o cargo de Ministra da Educação, mas ela recusou a proposta. Na época, justificando sua decisão, teria dito: "Sou apenas jornalista e gostaria de continuar sendo apenas jornalista."
 
 
 

Imagem: [Domínio público], via Wikimedia Commons