Início

Rubem Fonseca, um dos mais importantes escritores brasileiros, morre aos 94 anos

Rubem Fonseca, um dos mais importantes escritores brasileiros, morre aos 94 anos -0

O escritor Rubem Fonseca morreu em 15 de abril de 2020, aos 94 anos, no Rio de Janeiro. De acordo com a família, ele sofreu um infarto. O autor foi um dos mais importantes nomes da literatura brasileira do século XX.

Filho de portugueses, Rubem Fonseca nasceu em Juiz de Fora (MG), mas se mudou ainda na infância para o Rio de Janeiro. Após se formar em Direito, trabalhou como comissário de polícia no início da década de 1950. Essa experiência policial influenciou muito a sua obra.

Seus primeiros livros foram publicados no começo dos anos 1960. Entre suas principais obras, se destacam os volumes de contos Lúcia McCartney (1969), Feliz Ano Novo (1975) e O Cobrador (1979), além dos romances O Caso Morel (1973), A Grande Arte (1983), Bufo & Spallanzani (1986) e Agosto (1990). 

O autor, conhecido por seu estilo de vida recluso, teve várias obras adaptadas para o cinema e televisão. As obras de Rubem Fonseca, de estilo seco e direto, geralmente retratam a violência urbana, em um mundo onde marginais, assassinos, prostitutas, miseráveis e delegados se misturam. Em 2003, venceu o Prémio Camões, uma das mais prestigiadas distinções para autores de língua portuguesa.


Imagem: Zeca Fonseca/Divulgação