Hoje na história

10.jun.1987

Vândalos roubam as mãos do cadáver de Juan D. Perón

No dia 10 de junho de 1987 vândalos violaram o túmulo do ex-presidente argentino Juan D. Perón no cemitério de Chacarita, em Buenos Aires. Pelo menos 12 pessoas destruíram o caixão de Perón e cortaram as mãos do cadáver. O ato provocou uma grande comoção entre a população da Argentina. A falta de um grupo que reivindique o atentado deu margem a várias hipóteses para explicar o que poderia ter acontecido. Especula-se que as mãos foram cortadas para rituais esotéricos, ou para a busca de um anel que abriria um cofre cheio de dinheiro na Suíça, ou que teria sido obra de grupos políticos que estariam interessados em criar um ambiente de instabilidade política. As investigações sobre o que aconteceu nunca chegaram a esclarecer os motivos do ataque ou quem seriam os autores. As mãos de Perón jamais foram encontradas.

 


 

Foto: See page for author [Public domain], via Wikimedia Commons