Início

A incrível história dos italianos que cruzaram o oceano em carros flutuantes

Foram mais de 5 mil quilômetros pelo Oceano Atlântico durante 119 dias
Por History Channel Brasil em 08 de Julho de 2021 às 16:04
A incrível história dos italianos que cruzaram o oceano em carros flutuantes-0

Os italianos Fabio, Mauro e Marco Amoretti, acompanhados pelo amigo Marco De Candia, completaram o ambicioso projeto de seu pai, Giorgio Amoretti, um artista que viajou pelo mundo em uma lambreta com o objetivo de "denunciar a comodidade da vida burguesa". O sonho de Giorgio, era cruzar o oceano, partindo da Europa para chegar até a América, servindo-se somente do vento e da corrente das Canárias, a bordo de um automóvel modificado para flutuar

Atravessando o oceano de carro

Um ano antes de ser diagnosticado com câncer terminal, Giorgio criou um "automóvel marítimo". Após a morte de dele, seus filhos decidiram navegar mais de 5 mil quilômetros pelo oceano Atlântico a bordo de dois carros, um Ford Taunus e um Volkswagen Passat, sem propulsão artificial nem mastros, timão ou tecnologia de ponta. Eles partiram em 4 de maio de 1999 da Ilha de Palma e se dirigiriam até o Caribe.

A incrível história dos italianos que cruzaram o oceano em carros flutuantes - 1

Os automóveis foram modificados para poder flutuar, especialmente graças a um preenchimento de espuma de poliuretano, sem mexer em motores, janelas e rodas. Também foram adicionados painéis solares para carregar as baterias de um rádio e dos telefones satélites. Ambas as embarcações ficaram sempre unidas por uma corda, o que evitou que se separassem durante a viagem.

A bordo, os aventureiros levaram latas de comida, azeite, arroz, cogumelos, queijos, massas secas e equipamento de pesca. De todos os participantes, somente Marco Amoretti e Marcolino De Candia chegaram ao Caribe, em 31 de agosto de 1999, após navegarem 119 dias à deriva. Fabio e Mauro acabaram desistindo da viagem após sentirem fortes enjoos. 

VER MAIS


Fontes: La Nación e Hypeness

Imagens: Arquivo pessoal/Reprodução