descobertas

Achado poço milenar do sacrifício de jovens mulheres

Por: HISTORY Brasil

Arqueólogos descobriram um poço ritualístico de 1.200 anos, sob um antigo templo, onde jovens mulheres da cultura Lambayeque foram sacrificadas.

A análise que os pesquisadores fizeram sobre os restos de seis mulheres, encontrados no interior do poço peruano, revelou que elas foram vítimas de um sacrifício ritualístico, em que sacerdotes pré-incas bebiam seu sangue e comiam parte do seu corpo - veja fotos da descoberta no final do texto.

[VEJA TAMBÉM: A cidade que poderá surgir do fundo das águas]

O poço foi achado sob um antigo templo de Huaca Santa Rosa, no distrito de Pucará, e os corpos das mulheres estavam dispostos de tal modo que suas cabeças apontavam em direção aos Andes.



A cultura Lambayeque foi uma das primeiras a construir grandes templos na região do Peru. Hoje, ela é reconhecida por seus sanguinários rituais de sacrifício. Segundo o arqueólogo Edgar Bracamonte, da Universidade Nacional de Trujillo, o templo descoberto funcionava como um local secreto, utilizado pelos sacerdotes para sacrificar mulheres em cerimônias privadas.







 



 


Fonte: express.co.uk

Imagens: CEN / Museu de Tumbas Reais de Sipán