DESASTRES NATURAIS

Alpinistas capturam imagens aterrorizantes de vulcão japonês em erupção

Há alguns dias, entrou em erupção, inesperadamente, o vulcão situado no Monte Ontake, localizado a 100 km da cidade de Nagoya e a 200 km do oeste de Tóquio, no Japão. Situado entre as províncias de Gifu e Nagano, o Monte Ontake é o segundo maior vulcão do país, superado apenas pelo Monte Fuji. E, apesar de sua localização em uma área pouco habitada, os efeitos de sua erupção provocaram, pelo menos, 35 vítimas fatais (em grande parte, por paradas cardiorrespiratórias) e 68 feridos, enquanto inúmeras pessoas continuam desaparecidas.

A falta de oxigênio e a pouca visibilidade complicaram, desde o primeiro momento, os resgates e o transporte dos corpos encontrados. A última grande erupção do Monte Ontake ocorreu em 1979, quando expeliu 200 mil toneladas de cinza.

Dessa vez, quando o vulcão começou a cuspir fumaça, pedras e cinzas, no dia 27 de setembro, um grupo de 200 alpinistas estava escalando o monte. O registro desse encontro aterrorizante com as forças incontroláveis da natureza foi capturado por um deles, chamado Kuroda Terutoshi. As autoridades informaram que os excursionistas conseguiram se refugiar em uma cabana e foram salvos alguns dias depois por uma equipe de resgate.

Assista ao vídeo:

Fonte e imagens: EuropaPressCNN México e CCTV