JESUS CRISTO

Arqueólogo britânico acredita que encontrou a casa onde Jesus passou a infância

Um arqueólogo da Universidade de Reading, na Inglaterra, acredita que identificou a casa onde Jesus morou na infância, na cidade israelense de Nazaré. Ken Dark passou 14 anos estudando as ruínas bem preservadas de uma edificação do século I d.C. Segundo ele, evidências apontam que o local foi habitado por Cristo, José e Maria.

As ruínas da casa de pedra e argamassa foram descobertas na década de 1880. Os restos da antiga residência estão situados nos subterrâneos do Convento das Irmãs de Nazaré. O local fica próximo da Igreja da Anunciação, onde os cristãos acreditam que o anjo Gabriel contou para Maria que ela teria um filho.

Segundo Dark, o convento "quase certamente" foi construído sobre a Igreja da Nutrição, que data aproximadamente do ano 380 d.C. O nome do templo sugere que ele tenha sido erguido sobre a casa onde Jesus viveu na infância. A igreja era enorme (muito maior do que a Igreja da Anunciação), decorada de forma elaborada e provavelmente servia como catedral bizantina de Nazaré. Dark acredita que pelo seu tamanho e localização o local era considerado muito importante.

A casa onde Cristo teria morado foi parcialmente cortada em uma encosta de calcário por um artesão habilidoso. Para Dark, isso indica que ela pode ter sido construída por José, marido de Maria, mãe de Jesus. Na Bíblia, ele é descrito como um  "tekton", artesão que trabalhava como carpinteiro ou pedreiro.

O arqueólogo aborda o tema em um novo livro chamado "The Sisters of Nazareth Convent: A Roman-period, Byzantine and Crusader Site in Central Nazareth" ("Convento das Irmãs de Nazaré: um local dos períodos Romano, Bizantino e das Cruzadas em Nazaré Central", em tradução livre). Apesar das evidências sugerindo que o local se trata da residência da família de Jesus, Dark pondera que o caso não é conclusivo.  


Fontes: The Times e CBS

Imagem: Ken Dark/Universidade de Reading/Reprodução