ARQUEOLOGIA

Arqueólogos encontram disco solar de 3500 anos em altar de pedra na Turquia

Arqueólogos encontraram um disco solar na cidade histórica de Edirne, na Turquia. O artefato, que tem cerca de 3500 anos, era usado para observações astronômicas. O objeto estava em um altar de pedra localizado em um antigo assentamento do povo trácio.

Engin Beksac, chefe do departamento de história da arte da Universidade Trakya, disse que o artefato servia para observar os movimentos do sol e da lua. “O altar de pedra era uma espécie de templo que servia como palco para rituais e orações celebradas em datas específicas. Essas práticas eram realizadas como forma de se aproximar da Deusa Mãe”, afirmou.

Os trácios eram um povo indo-europeu da antiguidade. Eles habitavam a Trácia, região geográfica e histórica no sudeste da Europa que abrange os atuais territórios da Bulgária, Grécia e a porção europeia da Turquia. 

Segundo Beksac, a descoberta do disco solar oferece informações importantes sobre o entendimento astronômico do período. O especialista afirma que poucos artefatos do tipo já foram encontrados na Turquia. Eles costumam ser mais comuns em sítios arqueológicos na Bulgária. 


Fonte: Anadolu Agency

Imagem: Anadolu Agency/Reprodução