INCAS

Arqueólogos encontram estranho símbolo em uma “cancha” inca do Equador

Também foram descobertos dois esqueletos humanos e vasilhas da fase de transição entra o período incaico e a colônia espanhola
Por: HISTORY Brasil

Arqueólogos identificaram dois esqueletos humanos e peças de cerâmica correspondentes à época de transição do período incaico e a colônia espanhola, na localidade equatoriana de Mulaló, província de Cotopaxi. Os restos estavam dentro de um conglomerado de terra e argila, que funcionava como base para residências e fortificações, mais conhecido como “cancha”. Mas o que chamou a atenção dos pesquisadores foi um estranho símbolo gravado em artefatos que também foram escavados no local.

Letra misteriosa

A descoberta foi feita por moradores da região durante obras de um sistema de irrigação. Além dos vestígios humanos, foram encontradas vasilhas clássicas da cultura inca. Algumas delas são decoradas com uma cruz e uma misteriosa letra “W”, que até o momento não foi relacionada a nenhum nome em particular. É a primeira vez que um símbolo como esse é descoberto. 



Os especialistas acreditam que os artefatos e restos humanos datam do período entre os anos de 1450 e 1540. De acordo com o arqueólogo Esteban Acosta, o local era possivelmente usado pelos incas como cemitério. 

Estima-se que os esqueletos tenham sido sepultados na mesma época, mas até agora não foi possível confirmar nada a respeito deles. Os pesquisadores afirmam que a descoberta pode trazer informações sobre os hábitos e modos de vida durante o período intercolonial andino. 



VER MAIS


Fontes: RT e Cotopaxi Notícias

Imagens: iStock e Fundação Atacama/Reprodução